NÃO OCORREU RETRATAÇÃO/ ROBERTO ROCHA FEZ APENAS RETORÇÃO

No último fim de semana voaram penas das asas do senador tucano Roberto Rocha/ o "Buceton" atingindo a honra do deputado federal Weverton Rocha/ o "Maragatuno"/ Carlos Lupi/ o "Outro".

"Buceton" em revide a acusação de traidor sugeriu relação homossexual entre "Maragatuno"/ "Outro" sem dizer quem era o ativo/ o passivo/ ou se um cheirava o bigode/ barba do outro. Qual o crime?

Injúria? "Buceton" reconhece que exagerou/ referiu-se a ambos como casal sem definir a relação como homoafetiva/ tão pouco disse ter entre ambos "relação rabinária"/ troca-troca/ "meinha". 

Buceton diz que foi agredido - traíra - arguindo que revidou no direito de defender a honra. Em direito essa defesa imediata é prevista no Código Penal(art. 140/ incisos I/II) definida como retorção. 

Não existiu proporção razoável entre os insultos. Todavia as mordidas continuam. O Blog do Luís Pablo/ o "Bunda de Cazumbá" informa que Weverton Rocha chamou Roberto Rocha de cachorro.




0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.