N É A ASSINATURA/ DIGITAL DO CRIME DE NENZIN : NÃO FOI PISTOLAGEM POLÍTICA/ NÃO DEIXOU TESTEMUNHAS/ A NÃO SER QUEM O ACOMPANHAVA/ NÃO É UM CRIME PERFEITO

O bárbaro crime perpetrado contra Nenzin tem assinatura/ digital  complicada - não foi pistolagem política/ não tem testemunha/ a não ser quem o acompanhava/ não é crime perfeito.

Nenzin que escapou do cerco da Polícia Federal/ Interpol morreu ao descer para urinar em uma estrada ? Quem sabia do seu deslocamento para a fazenda em um povoado de Barra do Corda? 

Resultado de imagem para letra N


0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.