Maranhão

DR. MILHÃO PAGOU 20 MIL DE FIANÇA : A DECISÃO DO DESEMBARGADOR FEDERAL QUE LIBEROU ARAGÃO É TÃO FUNDAMENTADA QUE O "MERITÍSSIMO" INFORMA DO CONTRATO ENTRE O MUNICÍPIO E O IDAC

A decisão "Corpus Christi" do desembargador Federal  Olinto Menezes que liberou o Dr. Milhão é tão fundamentada/ que o "meritíssimo" informa do contrato entre o município/ IDAC.

O contrato do IDAC era com a Secretaria Estadual de Saúde. Mas o "meritíssimo" "ligadíssimo" nos fatos não disse qual o município/ limitando-se a classificar os fatos como "muito feios".  

Isso mesmo - muito feios - "em se tratando de gestão de coisa pública". A prisão não se faz necessária "por a pessoa ter participado do crime" sem indícios suficientes de autoria. Marrapá!

Aragão/ o Dr. Milhão não participou / ele chefiou os desvios/ usando o motorista como "mula" dos valores sacados na boca do caixa - tem vídeo . Isso não é indício suficiente de autoria meritíssimo ?  

O desembargador plantonista  Olinto Menezes não intuiu que solto o Dr. Milhão possa prejudicar a investigação.  Menezes arbitrou a "merreca" de20 mil o valor da fiança para o Dr. Milhão.

1 comentários:

Pereira Vieira disse...

Uma fiança de 20mil é piada né?
Esse meritíssimo é dos bons!
Bons pra criminosos!

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.