PERSONALIDADES/ FORMAÇÃO : O EXIBICIONISMO DE ANDRÉA MURAD/ A DISCRIÇÃO DE ADRIANO SARNEY

Conheci Adriano Sarney nos seus primeiros anos de vida(1980). Assessorei seu pai, o então deputado estadual Sarney Filho entre 1978/1982. 

Naqueles tempos difíceis  defendi a legalização do Partido Comunista na presidência da Juventude Democrática Social, vanguarda do PDS.


O Jornal do Brasil para provocar  deu destaque a proposta da legalização epigrafada. Sarney sentiu a saia justa, então percebeu que eu não me ajustava.


O resto da minha história é um livro aberto. Não tem um ato/fato que me ligue a desvios/improbidades/tráfico de influência  etc. 


Adriano era Sarney Neto. Costumava colocá-lo para fazer discursos progressistas aplaudido pelo pai, Zequinha Sarney, mas longe dos ouvidos do avô. 

O tempo e a história mostraram que tinha razão em criticar Sarney e sua prole. Não houve ingratidão, mas tomada de consciência há décadas.

Contudo desde já é possível perceber a diferença entre o discreto Adriano Sarney e o exibicionismo de Andréa Murad. Tem coisa que passa de pai p/filha.

COMO BOSTA NA AGUA

ROGÉRIO CAFETEIRA VIRA PIRES : TODOS DERAM EM "PRIMEIRA MÃO" SUA INDICAÇÃO PARA LÍDER DO GOVERNO

A volta do período escolar exigiu minha presença nas filas de livrarias/ tesourarias/ reuniões escolares/ acompanhamento da adaptação do filho caçula ao 1º Ano do Ensino Fundamental e o ingresso da filha mais velha no 1º Ano do Curso de Direito. 

Tenho acompanhado a dinâmica política. Dino executa a mudança por meio de decretos/gestos/ posturas/atitudes. A sarneyzada da "Branca" chora através dos Joaquins que os pariu. A sarneyzada "morena" estrebucha ressentimento por meio de Jorge Moreno, o ex-juiz queimado.  


Os movimentos mostram ainda Elisiane Gama em rota de colisão com o governo, utilizando a rotineira tática de guerrilha- Gama atirou ao indicar Ester Marques, tentou esconder a indicação, depois voltou e quer tirar a indicada da Cultura. O problema é que Gama ainda não sabe atirar/esconder. Ela vira sarneyzada da Gema/Gama?

  

Pior que o choro de quem foi parido pelo sarneismo do pai da "Branca", do ressentimento expresso pelo sarneismo moreno do ex-juiz, da tática guerrilha de Elisiane Gama é transformar Rogério Cafeteira em pires. Todos os blogueiros deram em "primeira mão" sua indicação para líder do governo.

Fico na contra-mão da indicação de Rogério Cafeteira para líder do governo. Falta legitimidade para Cafeteira defender o governo de Flávio Dino. Rogério Cafeteira defendendo a mudança do processo político que o seu tio-avó, Epitácio Cafeteira e Sarney construíram na farsa governo/oposição?

A sarneyzada da branca, a sarneyzada morena, a sarneyzada da Gama devem entrar em rota de colisão com Dino. O interessante é a paciência da sarneyzada da branca que se dispõe a ser a última a pegar em armas. Escuta esse discurso do futuro líder do governo Dino.  

   

QUEM DISSE QUE O MAL NÃO DORME ? CARIDOSO SE EMBRIAGA E DESCANGOTA NO MARACANGALHA

Quem disse que o mal não dorme ? Caridoso entrou em crise existencial-financeira, encheu a lata e descangotou no Restaurante Maracangalha.

Caridoso foi rebocado sob os olhares reprovadores dos frequentadores do Maracangalha. A cena foi triste, mas teve o lado hilário. 

Caridoso escornado no ombro dos filhos cantava : " eu vou para Maracangalha eu vou, vou botar meu chapéu eu vou. Dino me livra da roça". 

MUDANÇAS NA RELAÇÃO GOVERNO/FAMEM : DIÁLOGO TENDO COMO PAUTA PROPOSTAS/ METAS/ RESULTADOS

A reunião entre o governador Flávio Dino e o presidente da Famem, o prefeito de São José de Ribamar Gil Cutrim mostrou a fundamental mudança nas relações Governo/Famem- propostas/alternativas/ metas/ resultados.

Gil Cutrim e diretores da Famem ouvem de Dino as ações do governo nos municípios

Gil Cutrim atacou de forma objetiva a questão do transporte escolar nos municípios. Apresentou alternativas/ levantamentos/ custos e solicitou subsídio do governo estadual para evitar tragédias como as ocorridas entre Bacuri e Apicum-Açu.


Cutrim foi pragmático quando tratou da necessidade de transformar os resíduos sólidos- lixo em fonte de renda por meio de consórcios municipais com apoio do governo estadual.

Por fim a questão da implantação da Região Metropolitana. Dino anunciou para 2 de fevereiro a implantação do Conselho de Administração e Desenvolvimento da Grande São Luís.

É notória a mudança na relação institucional do Governo/Famem. A pauta deixou de ser apenas o "pires na mão" para propostas/ projetos alternativas/ parcerias nos custos/ resultados . 


SARNEY PLAGIOU O CANTO DO GURIATÃ ? "MARANHÃO MEU TESOURO MEU TORRÃO"/ "MARANHÃO MINHA TERRA MINHA PAIXÃO"

HUMBERTO : COM A PROLE GRANDE E GROSSA

Durante o enterro do Mestre em Cultura Popular, Humberto do Maracanã, o Guriatã guardei o relato de 1 entre os 22 filhos do  inigualável cantador de toadas de bumba-boi.


Humberto, o "Guriatã" fora convidado por Sarney para almoço na "Mansão Mal Assombrada" no Calhau. Humberto aceitou e preveniu o senador : "vou levar toda minha família".

Quando Humberto, o Guriatã chegou na "Mansão Mal Assombrada" acompanhado dos 22 filhos, 3 esposas Sarney se espantou e disse : "Humberto tu tens a prole(família) grande".

Humberto, o Guriatã ao ouvir que tinha a prole grande, assimilou não se tratar da família, mas do tamanho do pênis e emendou na bucha a fala de Sarney : " a prole é grossa também senador".

 

Dizem as "Carpideiras- aqueles que são pagos para chorar pela derrota de Sarney" - que os versos "Maranhão Meu Tesouro Meu Torrão" foram copiados da célebre citação : "Maranhão Minha Terra, Minha Paixão. Não foi o contrário?


DINO/DINAMISMO : PASSOS DECISISVOS PARA REESTRUTURAR A EDUCAÇÃO ANTES DE COMPLETAR UM MÊS DE GESTÃO

O governador Flávio Dino reuniu na manhã da segunda-feira(20), no Palácio dos Leões com a principal categoria de servidores públicos, os professores, para anunciar :

-a fixação do piso nacional em todos os patamares;
-progressão funcional para 11.444 professores;
-contratação de 1000 professores temporários;
-prorrogação de contratos para 4.990 professores;
-reajuste de 15% para professores contratados;
-reparos estruturais em 93 escolas que estão sem funcionar.


"Nós, de fato somos um governo que aqui está para promover mudanças, e as mudanças que estamos a promover, não se referem apenas ao mundo da política institucional, as transformações da qualidade de vida são as responsabilidades sociais mais profundas", disse Dino.

Transformações/responsabilidades acompanham Flávio Dino a cada minuto da sua vida/gestão, fazendo a diferença de um governo de fato, de direito, eleito pelo povo e para o povo. Antes de completar 1 mês de governo, Dino dá passos decisivos para reestruturar a educação. 



Começa a perder sentido a lenda, o misticismo de que enterram uma caveira de burro no Maranhão, segundo a qual nada dá certo. A reestruturação da Educação é fundamental para o processo de mudança que se instala de forma objetiva/ real no estado.


Avante moçada!

 
Movido a Blogspot