"SÓ DEU PARA RADIOLA DE AÉCIO NEVES" : PETISTAS/COMUNISTAS ABAFAM SOM DA ITAMARATY

Sem povo em quantidade para ouvir as mensagens pró-Aécio Neves, a Coligação PSDB/PSB apelou para a radiola de regue do ainda deputado federal Pinto da Itamaraty- suplente de senador de Roberto Rocha.

"Só deu para radiola de Aécio"- o som da Itamaraty foi abafada pelas palavras de ordem/vibração do povo de Dilma. Foi um duelo bonito/democrático/pacífico como há muito não se via em praça pública.

Diz-se no Maranhão que algo quebrou/perdeu com a expressão "só deu para tua radiola" - no início o regue era tocado em radiolas pequenas/em pequenos espaços. Invariavelmente tinham brigas e ai "só dava para as radiolas".

"A taca de Dilma em riba de Aécio Neves vai ficar maior/vai ficar maior"- era o refrão do povo de Dilma que suplantou em muito os que torciam/vibravam/cantavam por Aécio.

Olha os do povo se libertando. Chegando/bonito/cai tampa/cai tinto/cai Pinto/sai daqui/fora Itamaraty/ teu som é um ovo/tu não é mais do povo.

COMO VICIADOS : A ÚLTIMA DOSE COM EFEITO PROLONGADO POR DOIS ANOS É A LICITAÇÃO QUE PAGARÁ 1 BILHÃO PARA MONITORAMENTO DO SISTEMA PENITENCIÁRIO

Estou investigando a possibilidade de licitação bilionária com "cartas marcadas" para monitoramento- anos de 2115/2116 - do Sistema Penitenciário do Maranhão.

Consumada a imoral/ilegal/bilionária licitação comprovar-se-á o interesse de prejudicar o povo do Maranhão, que elegeu Flávio Dino com 65% das intenções de voto em 2114.

O governador eleito, Flávio Dino manifestou-se através das redes sociais, alertando a intenção dos derrotados ainda no comando do estado : reduzir a arrecadação/ criar despesas absurdas.

dino  

Licitar 1 bilhão em fim de governo? Quem ganhar tem compromisso com os derrotados que não esperam a solidão sem poder?

Agem como os viciados : a última dose- a licitação bilionária - e o desejo de prolongar os efeitos- o estado teria que pagar por 2 anos.

PRIMAVERA PARA O POVO, OUTONO PARA O OLIGARCA

_ Marly cadê meu "chapéu panamá", depressa mulher Vitorino é chato com essas coisas de tempo/mando/quero/faço.

_ Calma José. Quem manda aqui é a matriarca. Lembras das minhas escolhas : João Alberto/Luís Rocha. Nenhum te traiu .

_ A nossa esperança mulher é ressuscitar Luís  por Roberto- a zanga/briga/cizania. Mas de fato nosso recomeço é com Adriano. Ele será melhor que Zequinha. 

_ Essa é a razão da pressa? São 75 anos- 25 de Vitorino, 50 foram teus. Duplicastes o mando. Se o problema é Dino chama Antônio, ele não foi teu vice-governador?

_ Vice com mandinga só eu. Bita fez a corrente com Zé Cupertino/Zé Negreiro/Jorge Babalaô/Sebastião do Coroado todos a nós ligados.

_ Mas erraram naquela "mata o Jackson". Eles entenderam "Michael Jackson".

O diálogo  é de um romance com humor-político que pretendo lançar em breve. O surrealismo é para evitar o manjado/repetido "folclore" e despertar para história política do Maranhão.


Vai ser possível conhecer um pouco de todos os políticos que marcaram época entre 1900 e 2014- Benedito Leite/ Urbano Santos/Godofredo Viana/Magalhães de Almeida/Vitorino/Saturnino/Newton Bello/Sarney e muitos outros - neste romance entremeado por verdades/mentiras/humor/dor - tudo explicado. O romance se projetará sobre o presente.

Foram apenas alguns minutos como produção/teste. Agradecemos os patrocínios na produção do romance que vai mexer com costumes/tempos.

Qualquer contribuição pode ser feita pessoalmente ou na  na Conta Corrente 24.457-0, Agência 1611-X do Banco do Brasil. Contato (98)82252120 ou (98)88893120.


Primavera para o povo é reflorescer.Resultado de imagem para primavera

Outono para o patriarca e amarelar.Resultado de imagem para outono

Olha outro "projeto da capa".

Sarney visitando a Via Expressa


"MUTATIS/MUTANDIS"(MUDAR O QUE DEVE SER MUDADO) : PARA EVITAR QUE OS DIÁLOGOS SE TRANSFORMEM EM PROMESSAS FARAÔNICAS

Flávio Dino deve diligenciar a apuração dos desvios em contratos/contas públicas à Secretaria de Controle e Transparência.

É sintomática a demora- do governo de Roseana Sarney - na entrega dos dados administrativos/contábeis/jurídicos.

A Sarney usa a teoria política de "cozinhar o galo"- demora para ver a reação de quem fez o pedido. Assim avalia a disposição para apuração.

Os postulados/receita da "teoria política do galo cozido- o galo tem o couro duro e demora para amolecer -" são dois a saber :

1º Se insistir é porque vai apurar;

2º Se desistir é porque também quer é se "arrumar".

A postura insistente de Marcelo Tavares aponta para o primeiro postulado, definindo como foco principal a saúde financeira da Saúde.

Ricardo Murad prepara a filha(Andreia) e genro (Sousa Neto) para sua defesa no Legislativo. No Judiciário Carlos de Almeida Castro, o Kaykay como patrono. 

Murad vai se transformar em um "caso de polícia". Dino não pode perder tempo- na apuração - com Murad e outros malfeitores. Mas deve acompanhar tudo como governador. 

Sarney em campanha para governador(1966) prometeu prender Laura Meirelles, a Chefe do Tesouro Estadual. Eleito demitiu de imediato e consegui o decreto de prisão.

Laura Meirelles era minha vizinha na Vila Bessa. Na mesma artéria, bem na frente da casa de D. Laura morava o Chefe de Polícia, o delegado Ilmar Raposo. 

Laura Meirelles consegui escapar/fugir, retornando ao Maranhão com "salvo conduto" requerido nos Tribunais Superiores pelo causídico/ex-deputado Clineu Cesar Coelho.

Tempos depois Laura Meirelles era reintegrada ao cargo/aposentada/absolvida/indenizada de todas aquelas acusações que patrocinaram credibilidade ao governo do Maranhão Novo.

Conto isto para provar que os Sarney sempre fazem jogo de cena. Assim foi na parceria institucional com o prefeito da Capital - prometeu disponibilizar tudo, contudo não forneceu nada. 

Transparência/controle/execução/ação servirão para evitar que os "diálogos" se transformem em promessas faraônicas- informar tudo ao povo : como encontrou/como pretende mudar e mudar.

Como ensina a expressão latina "mutatis mutandis"(mudar o que deve ser mudado). "Acreditam no sol por vir"?(James Joyce) em referência aos socialismo.

Sem perseguição, contudo com muita ação, inclusive as jurídicas caso a apuração recomende. Direito tem quem direito anda. De que lado nasce o sol ?

DE UMA HORA PARA OUTRA O MARANHÃO VIROU CANAÃ : "TEM 16 BILHÕES PARA GASTAR, DINHEIRO EM CAIXA, OBRAS FINALIZADAS/DEVE NÃO NEGA E PAGARÁ QUANDO PUDER"

Paralelo ao enxugamento do Sistema Mirante de Comunicação, os miranteanos trombeteiam de uma hora para outra que o Maranhão virou Canaã- a terra prometida pelo Senhor ao povo escolhido de onde jorraria leite e mel.

O Maranhão vai virar Israel/ Flávio Dino incorporará Moisés e cima do "Espigão" transformará o "Boqueirão" em Mar Vermelho. Segundo os blogueiros da Mirante as altas/baixas das marés são a comprovação de  que o Maranhão é Canaã.

  

São 16 bilhões para gastar em 2014. Dino receberá um estado enxuto- é previsão de seca? Mas quanto o estado pagará de encargos da dívida pública? 

Para os leitores terem ideia da herança/pagamentos da "dívida-bíblica"- aquela que se perpetua - uso os dados do "Tesouro Estadual":

-2012 foram pagos 1, 2 bilhões(juros/amortizações);

-2013 o valor  quase duplicou para 2,3 bilhões.

Se isso é enxuto o gato é bacana- não toma banho e só anda limpo - a explicação é porque ele sempre se lambe e a saliva o limpa.


O rombo é grande Flávio Dino. Em menos de 8 anos não tem como sanear/recuperar/executar Orçamento Público/Políticas Públicas.

A transição tem de mostrar o endividamento do Maranhão antes da posse de Flávio Dino. Do contrário será ele o último a apagar a "luz da  eterna escuridão no Maranhão". 

SARNEY ENXUGA O PATRIMÔNIO : NÃO ENTRA O CUSCUZ IDEAL/ A "FÁBRICA" DE PAPAGAIOS(PIPAS) DE ZEZÉ CAVEIRA NA AVENIDA DAS CAJAZEIRAS E A "BOCA DE FUMO" DE PEIDA RALO NO JOÃO PAULO

Diz o anedotário da sabedoria popular que Sarney só não é dono do Cuscuz Ideal/da "Fábrica" de Papagaios(pipas) de Zezé Caveira na Avenida Cajazeiras e da "Boca de Fumo" de Peida Ralo, localizada no João Paulo.


Os negócios epigrafados não rendem o suficiente para sentir "a mão invisível de Adam Smith" a moda Sarney- "o equilíbrio da economia maranhense se dará sempre, seguindo a lei de procurar/ofertar gordas propinas aos Sarneys".


Retirados do poder pela força do voto(65%) popular a família Sarney "enxuga" o patrimônio privado- teatraliza a venda do Sistema Mirante para si mesmo, usando como preposto o ex- sócio de Fernando Sarney, Paulo Guimarães, o PG.

O nome PG- tá pago - diz tudo sobre a venda.


Na rede de programação deve sumir a perseguição sistemática aos principais opositores do Sistema Mirante de Comunicações- o governador eleito Flávio Dino e o Prefeito da Capital, Holanda Junior - do quadro funcional os xiitas de Sarney.  


A Globo fez algo semelhante na programação com a ascensão do Partido dos Trabalhadores(PT) na Presidência. Como a etiqueta Sarney isso fica impossível de se acreditar. A solução foi PG para a audiência e o faturamento pelo menos continuar. 

 

A ESTRANHA VENDA DA MIRANTE : FERNANDO JÁ VENDEU PG(PAGO) PARA PAULO GUIMARÃES?

Muita estranha a provável venda do Sistema Mirante de Comunicações para o ex-sócio de Fernando Sarney, Paulo Guimarães, o PG.

Fernando Sarney quer se livrar dos irmãos acionistas(Roseana/Zequinha), que não trabalham e fazem retiradas grandes em "pro-labore"?

"Fefé" venderia o "Sistema PG"- pago por ele mesmo - para fugir da estrutura formatada por históricas indicações políticas/familiares? As demissões apontam neste sentido.

A venda para Paulo Guimarães é isolada- não tem outros sócios -? Os sócios de Paulo Guimarães- gringos - podem fazer remessas para o exterior?

Estaria explicada a venda para Paulo Guimarães(PG)&sócios(gringos), caso a compra permita  ao(s) provável(is)  novo(s) donos fazer(em) remessas para o exterior.

Neste caso o experiente "atacante" Fernando Sarney, o "Fefé" bateria o escanteio no Maranhão, cabecearia em Fortaleza e agarraria  no gol no exterior.

De PH para PG no templo gastronômico, a Cabana do Sol : "Bem vindo meu novo chefe". PG está de camisa branca e conversa com Fernando Sarney.

PH está como no habitual : de costa, com sua indefectível cabeleira "motel"- uma entra/uma saída na frente e uma banheira-piscina atrás.

Te joga pintosa.

foto-14-1024x768 

ROBERTO ROCHA MOSTRA OS DEDINHOS DE MANIPULADOR : JOGOU ZÉ REINALDO COMO BOI-DE PIRANHA NA SINFRA PARA BARGANHAR OUTRA OPÇÃO EDUCAÇÃO/SAÚDE/SEGURANÇA

Roberto Rocha não está nem diplomado, mas já mostra os "dedinhos de manipulador" no Blog do Mônica- o dentuço Robert Lobato.


Rocha questionado quanto a importância de Flávio Dino da sua eleição para o Senado da República dimensionou da seguinte forma :

"Comecei e terminei a campanha sempre em primeiro lugar. Em nenhum momento meu principal adversário me ultrapassou", disse o ingrato.

Gastão Vieira ultrapassou Roberto Rocha - atestam as pesquisas Exata/Guará/Ibope -   três semanas antes do fim do Horário Eleitoral. Flávio Dino reverteu o quadro, pedindo para votar em Rocha.

Eu avisei : Roberto Rocha é um manipulador incorrigível. Vai dar trabalho para Flávio Dino durante 8 anos. Sabem a recente origem da "birra do filho do governador mimado"?

Rocha escalou Zé Reinaldo como "boi de piranha"- aquele boi que se usa para perder em benefício da manada" - para pleitear a Sinfra. Rocha quer barganhar das três, uma opção : 

Educação;
Saúde;
Segurança.

Flávio Dino "macaco novo" usa o seguinte critério para as indicações. Pede aos partidos 3 nomes com ficha limpa/méritos/competência para o desempenho cargo.

Desta forma quando Roberto Rocha vem de garfo Flávio Dino serve sopa. Isso é apenas o começo. Roberto Rocha disse ainda que não vai ter problema com Lobão e João Alberto.

Esse termina o mandato Sarney.


SINECURAS CIVIS/MILITARES E ECLESIÁSTICAS : PEGARAM A MÔNICA, MAS ESQUECERAM DO CEBOLINHA E DO CASCÃO

De volta a pauta jornalística as sinecuras- ganhar sem trabalhar. A jornalista Mônica Moreira Lima é filha de um histórico/geográfico/topográfico sinecurado- diz-se daqueles que ganham sem labutar. Bento Moreira Lima comandou por 30 anos- Diretor Técnico - o Porto do Itaqui(EMAP) durante o mando Sarney.

Era uma homenagem póstuma que Sarney fazia naquele tempo(1966-Bento Moreira Lima), projetando-se com Roseana  para outras gerações(2014-Mônica Moreira Lima)- "com chapéu alheio" - ao Brigadeiro Rui Moreira Lima, filho do desembargador Bento Moreira Lima. 

Vocês pensam que acabou. "Bentinho" se aposentou, todavia ganhou como é costume nas terras gonçalvinas sinecura de aposentado. Bentinho é Chefe de Divisão de Operações na Codomar, que tem outro dinossauro jurássico, o cinquentenário Washington de Barros Viegas no comando.

É por isso que o Porto do Itaqui não dá certo ?

Flagram a Mônica em sinecura, mas esqueceram do Cebolinha e do Cascão. A história política-administrativa do Maranhão confunde-se com os "quadrinhos" de Maurício de Sousa e o "Sítio do Pica Pau Amarelo" de Monteiro Lobato. Volto com eles.

Fiquem com o atual quadro de funções da Codomar(Companhia de Docas do Maranhão). Destaque para Washington de Barros Viégas há 50 anos na Presidência e o aposentado Bento Moreira Lima. Isso não pode dar certo nunca.

É uma estrutura que vai dar trabalho para desmontar. Contem comigo para buscar a origem/projeções. É por isso que "Mãe Nagiba" diz que eles- os senecurados/burgueses - não me toleram.

Relação de telefones, endereços e e-mails
ADMINISTRAÇÃO



Washington de Oliveira Viégas
Diretor-Presidente
(98)3231-7180
Silvio Romano Benjamin Junior
Diretor de Engenharia e Operações
(98)3231-7297
deo@codomar.gov.br
Jorge Luiz Caetano Lopes
Diretor Administrativo-Financeiro
(98)3231-8072
jorgelopes@codomar.gov.br
Alberto José Gaspar Picanço
Chefe da Divisão Administrativa
(98)3231-8851
Bento Moreira Lima Neto
Chefe da Divisão de Operações
(98)3231-8112
bento@codomar.gov.br

O MARANHÃO DOS BELLOS/SARNEY/ MURAD/LARANJAS/ MOREIRA/LIMA

Sei da influência do sobrenome no nome- Bello - no Maranhão dos Sarney/Murad/Lobão/Moreira Lima. Mas como frisou "Mãe Nagiba"- em "quem é esse verme" - entre eles sou o "menos simpático".

Sou o único dos Bellos sem que o nome tenha assento como funcionário do Tribunal de Justiça. Se usasse o nome poderia até ser desembargador. 

Fiz a opção pelo mérito no tempo que isto chamava-se "andar na contramão". Meus irmãos tem estabilidade- empregados na década de 70.

A minha estabilidade conquistada por mérito na Procuradoria do Município- Procurador 3 Classe - foi usurpada para empregar um confrade de Sarney.

Desafio qualquer um mostrar nomeação com o meu nome- na Casa Civil ou na PQP - que dá pensão há 50 anos a Tradição Família Propriedade(TFP).

Leio que a jornalista Mônica Moreira Lima ganhava sem trabalhar na Casa Civil. Na garimpagem esqueceram a tia, Teresa Braúna Moreira Lima.

A questão não é o sobrenome, mas em honrar com trabalho/honestidade o próprio nome- o meu é Cesar - e não existe nada que o desabone durante 56 anos de existência.

Chato/antipático/dificil sou porque incomodo Sarney/Murad/ Moreira Lima/ Haickel/ Abreu/ Dualibe/ Lobão. Mas nenhum deles imputa-me desvios ou falcatruas.

Não basta o fim dos privilégios das famílias abastadas sem trabalhar nada. É preciso acabar com a perseguição/intolerância daqueles que divergem de forma salutar. 

CUIDADO : O SARNEISMO ESTÁ MORTO/SEPULTADO, MAS SUAS PRÁTICAS PODEM RESSUCITITAR POR ROBERTO ROCHA COM A ELEIÇÃO DE AÉCIO NEVES PARA PRESIDENTE

O finado sarneismo iniciou/progrediu precisamente no ano de 1978, 12 anos após derrotar o vitorinismo em 1966- até então fala-se na Geração dos Poetas no poder - com o ingresso de filhos, tios, sobrinhos, primos e os papagaios de Sarney na atividade pública/política no Maranhão.

Sarney- parente/amigo/correligionário/confessionário/sócio acionário - era passaporte para o sucesso. Do refrão eleitoral "meu voto é minha lei", o nome Sarney ficou maior do que a lei, estabelecendo-se na forma prescrita : "Todo poder emana de Sarney e em nome dos seus três filhos será exercido".

O ex-governador Luís Rocha dizia : "Sarney é Sarney. Sarney é minha régua meu compasso". O filho Roberto Rocha entrou na régua/compasso em 1990- deputado estadual - só virou hipotenusa(contrário) de "verdade" em 2014, quando ganhou no colo de Flávio Dino mandato de  Senador.

Mas é justamente Roberto Rocha, o "Hipotenusa"(inventado como contrário) que pode fazer ressurgirem as práticas do sarneísmo- o filho é vereador em São Luís, o irmão prefeito de Balsas, as concessões de rádios/ televisões, manipulações - em tudo se assemelha ao "modos operandi" do velho sarneísmo.   

O pior é que tudo pode recomeçar com a eleição de Aécio Neves para Presidente. As intrínsecas relações comerciais/familiares Rocha/Neves começam em 1984 : Luís Rocha governador do Maranhão compra fazendas em Minas Gerais de pessoas ligadas aos Neves falidos. Aécio Neves governador de Minas Gerais(2004),  pessoas ligadas a ele compram as fazendas dos Rochas falidos. 

Aécio Neves fez juras ao PSB "de Marina Silva", de que vai acabar com a reeleição. Se cumprisse as juras - seria bem difícil lutar contra si na Presidência - Roberto Rocha que sempre se coloca como o "primeiro da fila" quer ser governador em 2018. Aí tudo poderia recomeçar outra vez.

LUZ/ÁGUA/TELEFONE : O PRIMEIRO EMPRÉSTIMO NINGUÉM ESQUECE/ A PRIMEIRA PRIVATIZAÇÃO/SUTIÃ TAMBÉM NÃO

Dois vínculos ligam a privatização da Cemar a inauguração dos serviços públicos- em 1923 - no Maranhão : a subserviência governamental e os interesses financeiros de meia dúzia de apaniguados.

O governador Urbano Santos(1920) inaugura o genuflexório - estante para ajoelhar-se. Um empréstimo externo 1 milhão de dólares, coberto por outro interno no valor de 3 milhões de contos de réis para conclusão dos serviços de luz, água, esgoto e tração.

O governo estadual sob a égide de Godofredo Viana(1923) paga aos banqueiros americanos os juros/amortização do empréstimo, comprometendo quase 40% da Receita Estadual, dando total isenção de impostos e debitando os custos para a "viúva".  

Como se observa o empréstimo em dólares é "coberto" pelo triplo em contos de réis. Quem estava pagando era o povo- os governos. Enriqueceram os familiares de Urbano Santos/Godofredo Viana? Vamos pesquisar. Mas uma coisa é certa :

Do primeiro empréstimo/ sutiã ninguém esquece. Privatizaram Cemar como que presenteia a filha com o primeiro Valisere . Voltamos com a privatização da Cemar por 1 real. Ainda tem gente que defende o Príncipe das Privatizações : Aécio Neves.

 
Movido a Blogspot